segunda-feira, 2 de março de 2009

CEM ANOS DE SOLIDÃO

Cem Anos de Solidão - Gabriel Gárcia Marques
394 páginas - Editora Record
Tradução - Eliane Zagury
Gênero - Romance

Por que resolveu ler este livro?
Há muitos anos eu ouvia falar sobre esse livro, que foi lançado em 1967, e relançado em 1982. Seu autor, Gabriel Garcia Marques ganhou o Prêmio Nobel de Literatura pela obra.

Mas o tempo foi passando e eu li vários outros livros, sempre pensando em um dia ler Cem Anos de Solidão. Até que, na biblioteca a procura de um livro de História, me deparei com esse livro na minha frente e pensei: "agora eu leio!"

O livro é sobre...
O livro conta a história de Macondo, uma cidade mítica, e a dos descendentes de seu fundador, José Arcadio Buendía, durante um século. O livro mescla revoluções e fantasmas, incesto, corrupção e loucura, tudo tratado com naturalidade.

A história começa quando as coisas não tinham nome e vai até a chegada do telefone.Um comboio carregado de cadáveres. Uma população inteira que perde a memória. Mulheres que se trancam por décadas numa casa escura. Homens que arrastam atrás de si um cortejo de borboletas amarelas. Esses são alguns dos elementos que compõem o exuberante universo deste romance, no qual se narra a mítica história da cidade de Macondo e de seus inesquecíveis habitantes.

O que achou mais interessante?
A História em especial, pois é algo sempre muito marcante na minha vida. E também a "solidão". Esse sentimento tão único e entranhado dentro de cada um de nós. O livro nos mostra a história de cada um de nós mesmos, em nossas buscas intermináveis pela felicidade, e a luta constante contra os monstros que temos dentro de nós mesmos.

Pontos fracos?
Nenhum. Acredite, acho um livro perfeito.

Para quem indica?
Para todos que gostam de histórias que mexem com nossos questionamentos mais profundos. E também para todos que estão sempre buscando explicações para tudo na vida. E em especial: Para todos que mergulham sempre dentro de si mesmos.

De um a dez, qual nota você dá?
10!







Cris Pena - http://crispenaforte.blogspot.com/





Também leu um livro legal!? Participe! Veja na barra lateral como é fácil participar!

13 comentários:

Valdeir disse...

Grande Gabriel Garcia Marques. Em todas as suas obras observamos essa característica de tratar do ser humano em sua profundidade.

Abraços.

Pedrita disse...

esse livro é realmente maravilhoso! adoro esse autor! beijos, pedrita

Fábio Mayer disse...

Esse livro é um clássico!

Quem lê, não esquece.

E tanto é clássico e inesquecível, que valeu ao Gabo o Nobel de Literatura. O mundo curvou-se a Macondo e aos Buendia!

Georgia disse...

Eu o li quando tinha 16 anos e sou capaz de contar toda a estória pela fascinacao que ele me deixou.

Sensacional.

Valeu, Cris, obrigada!

Cristiane disse...

Geórgia,

Relembrar esse livro é sempre muito bom! Como disseram os amigos que aqui comentaram é um livro inesquecível!

Obrigada Geórgia pela oportunidade de participar desse blog, que é na minha opinião,uma ótima iniciativa de incentivo à leitura.

Um abraço,Cris

anamaria disse...

li há trinta anos quando ainda era estudante . Não lembro detalhes da história mas lembro que foi um livro que me impressionou muito pelo surrealismo de certas situações (como a menina acho que chamava Rebeca que comia terra). Vou relê-lo. Abçs.

Vanessa disse...

Sem palavras, é meu livro preferido.

Georgia e Flávia, tem um selinho pra vcs no fio.

bjs

Mário disse...

Tá na minha lista de leituras futuras. Dia desses leio. Valeu Cris! Valeu Geórgia!

Du disse...

Eu li há uns 10 anos e nunca mais esqueci. Já está na hora de ler de novo, hoje com uma nova perpesctiva.

Beijão, Cris!

Beijão, meninas!

Adelino disse...

Cris, já ouvi tanto falarem bem deste livro que qualquer hora vou degustá-lo... Solidão é um assunto interessante.
Um abraço. Meus parabéns.

Aninha Pontes disse...

Não li o livro, mas acho o autor um gênio.
Taí uma bela dica de leitura.
Vou tentar le-lo.
Beijos menina

Ana Filipa Silva disse...

Também jáo li. É um livro do qual muito ouvi falar: Cem Anos de Solidão. Confesso que pensava ser uma história mais moderna e sem tantas complicações de nomes. No entanto, li-o com gosto pela escrita carregada de imagens e sensações que Gabriel García Márquez consegue imprimir na sua narrativa. Também fiquei ligada a este livro pela essência do mesmo que, quanto a mim, é a Família.

Ana Oliveira disse...

Tô a algum tempo com esse livro parado no meio. Adoro o Gabriel Garcia Marques, mas não estava em um momento bom quando comecei a ler o 100anos de solidão. Acho que agora é um bom momento para retomar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...