segunda-feira, 17 de maio de 2010

ORLANDO

Orlando - Virginia Woolf
185 páginas - Editora Nova Fronteira
Gênero - Romance
Traducao - Cecília Meireles

Por que leu este livro?

Li Mrs. Dalloway no ano passado e gostei bastante do estilo narrativo de Virgina Woolf. Além disso, já havia visto a adaptação cinematográfica de Orlando e achei a premissa extremamente rica e interessante.

O livro é sobre...
Orlando, um cavalheiro do século XVII quase imortal que vive através dos séculos as mudanças na história da Inglaterra. No meio desse processo, ele muda de sexo, de forma que Orlando é homem na primeira parte do livro, e mulher da segunda parte em diante.

O que achou mais interessante?
A forma como Orlando encara com naturalidade a transição para o sexo feminino, como se já soubesse o tempo todo que isso iria acontecer: tudo é muito trivial, fleumático, british. A maneira como Orlando contempla a vida não muda com o sexo, então é curioso pensar que, fora a metamorfose física, ele continua o mesmo ser humano na essência.

Pontos fracos?
Embora a própria Virgínia tenha tentado pontuar justamente o contrário, que a mudança de sexo alterou a visão de Orlando, não foi bem isso que senti ao ler o romance. Então, pensando nesse aspecto, a história parece não ter atingido o seu objetivo.

Um ponto que não me agradou muito é que a forma não-linear de narrativa da Virgínia Woolf (um "flanar narrativo", melhor dizendo) está presente também em Orlando, mas não funciona tão bem quanto em Mrs. Dalloway porque se foca em apenas um personagem [em Mrs. Dalloway, essa narração errática é bem-sucedida porque acompanha vários personagens ao mesmo tempo, combina com a história].

Para quem indica?
Para quem gosta de narrativas não-lineares que se inclinam para o onírico e o surreal em determinados momentos.

Nota?

7

Elaine - Jujubas e Delicados

6 comentários:

Pedrita disse...

eu sou fã da virgínia woolf. li orlando depois de ter visto uma peça maravilhosa dirigida pela bea lessa. inesquecível. amo orlando, mas o meu preferido da autora é rumo ao farol. beijos, pedrita

Beta disse...

Não gosto de Narrativas assim, mas Virgínia Woolf é maravilhosa!!

Georgia disse...

Nunca li nada da autora, mas a Pedrita já falou super bem dessa autora no blog dela e fiquei com vontade de ler esse livro que a Pedrita mencionou.

Valeu

Sonhos & melodias disse...

Essa é uma autora que ainda lerei. Para não dizer que não li nada dela, há alguns anos li Flush, memórias de um cão. Achei-o adorável!
Bjs

ALINE disse...

Gostei muito! Ainda vou ler Virginia Woolf, começarei por Rumo ao Farol, que já tenho. Mas também quero muito ler O Quarto de Jacob e Orlando.

Bjo

Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com

Eliane Pechim disse...

Virginia Woolf foi uma escritora completa e é minha autora britânica favorita. Uma escritora tão importante para a literatura que seu livro Mrs. Dalloway, ao lado de "Em Busca do Tempo Perdido", de Proust juntos mudaram a história da literatura no início do século XX por causa de seu estilo narrativo onde impera o "fluxo de memória". Orlando é um de seus melhores livros, mas valem também a leitura suas cartas e artigos em defesa do feminismo, embora ela não o chamasse assim. Ótima indicação. Sou sempre pelos clássicos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...