sexta-feira, 26 de junho de 2009

LEMNISCATA

Lemniscata - Pedro Drummond365 páginas - Editora: Objetiva
Gênero: romance, thriller

Por que leu este Livro?
Kyanja - Porque li críticas elogiosas ao seu livro de estreia e, como todo primeiro romance, me atrai saber como um autor aborda e desenvolve os temas que o levaram à realização de sua obra.
Adriana  - Porque recebi de presente de aniversário.

O livro é sobre....Kyanja - Uma intrigante história que leva a correspondente do New York Times de Lisboa Lorena Dorff, a desembarcar no Rio de Janeiro atrás de pistas do pai desaparecido. É um thriller no melhor estilo, com muita ação a cada página, o que torna o leitor cúmplice.

Adriana - Um tesouro deixado pelo pai de uma jornalista.

Pontos Fracos?
Kyanja
 - A narrativa é tão ágil e bem amarrada, que o ponto fraco, se existir, fica do lado do leitor que, se descuidar, perde uma ponta do intrincado emaranhado de informações e eventos.

Adriana - São muitos, pois o autor se perdeu no meio de tanta coisa que ele apresentou na ficção. Tudo isso ficaria muito bem num filme, mas num livro não foi convincente. Tem uma cena na biblioteca que nem meu filho acreditaria; muitas viagens em percursos pequenos, muita troca de identidade dos personagens que me pareceu brincadeira.

A personagem principal que é uma jornalista que trabalha num jornal em Portugal, com atitudes bem infantis para uma mulher do porte dela. Os diálogos são fracos. Ele deu muita vida a um personagem e esqueceu os outros. A trama nao é ruim, mas como acontecem tantas coisas num livro só, você fica de boca aberta com a falta de credibilidade. É isso. Pena que a editora não foi mais criteriosa para levar o autor a ter os pés no chão. Poderia ter sido uma ótima ficção, mas se perdeu.

O que achou mais interessante?Kyanja - A forma como o autor se utiliza de uma estrutura padrão dos romances best-sellers internacionais, com personagens igualmente internacionais, em cenários de diferentes países dos continentes, mas consegue transmitir através dos diálogos, toda a rica prosa brasileira, cheia de brejeirice e senso de humor.

Além das deliciosas citações de Lorena Dorff, principalmente a adaptação da apropriadíssima e famosa frase de Mae West, em um momento de alta tensão!

Adriana - Os fatos históricos que ele envolveu na trama e também o envolvimento de uma das personagens com trabalho voluntário na favela no Rio de Janeiro.

Para quem recomenda?
Kyanja - Para todos que apreciam uma história envolvente, com muita ação e mistério e gostam de prestigiar a literatura brasileira contemporânea, na qual Pedro Drummond, para mim, desponta para uma jornada promissora.

Adriana - Para garotos de 14 à 16 anos que gostem de ficção.

Que nota você dá? 
Kyanja
- 10.
Adriana - 7 pelas informações históricas.
Kyanja - http://www.kyanja.co.nr/









Adriana - Saia curta

8 comentários:

menina disse...

vou acompanhar seu blog. gostei muito das sugestoes de leitura!

bjos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Já conhecia este livro. Ainda não li, ams parece muito bom. Dei uma olhada no site dele e parece interessante.

beijos

Marina Gomes disse...

Parece muito interessante *-*
Gostei.

Pedrita disse...

fiquei curiosa. beijos, pedrita

Natália Alexandre disse...

Tem selinho p vc lá no blog
http://meninasdabahia.blogspot.com/2009/06/ganhamos-selo-meme-25.html
bjs

Muitas palavras disse...

Gostei do blog. Vou acompanhar mais!
Parabéns!

Georgia disse...

Kyanja achei o livro muito interessante e fiquei curiosa.

Obrigada pela participacao.

Um abraco

Claudia de Paula disse...

Parece super interessante. Quero participar do sorteio. Por favor me inscreva.

Bjs !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...