segunda-feira, 15 de junho de 2009

HOMEM DO MÊS - Quem nunca quis ser outra pessoa?

Dia 15! Dia do homem do mês! E hoje é duplo! Valdeir e Max nos trazem as dicas!

Sabe aquela vontade que temos de, mesmo que por alguns momentos, ser outra pessoa? E quando isso se torna realidade? É o que acontece em o "Príncipe e o mendigo" dica do Valdeir.

Se amar sempre vale a pena, o que dizer da dica de Max? "Um amor por nada."

Então, se jogue nestas leituras! E desde já agradecemos aos nossos dois homens do mês!
O Príncipe e o Mendigo – Mark Twain
Traducao – Alex Marins
192 páginas - Editora Martin Claret
Gênero - Romance histórico

Por que resolveu ler este livro?
Sempre ouvi falar neste livro, mas nunca pensei em lê-lo. Um dia, vendo as novidades numa livraria, me deparei com ele. Li o algumas parte. Nascia ali mais um grande amor com a literatura. Levei para casa e li em um só tempo. Vez ou outra ainda o releio. É apaixonante!!!

O livro é sobre...
Dois garotos, do século XVI, que nasceram no mesmo dia e horário e têm fisionomias muito parecidas. As coincidências, porém, encerram-se aí, pois um é extremamente pobre ( o mendigo) e vive num ambiente familiar conturbado, violento e hostil.

O outro (o príncipe) é herdeiro da coroa real. Entretanto, ele sentia falta de algo que o mendigo tinha com fartura: a liberdade de transitar livremente pelas ruas.

Eles se conhecem e decidem trocar temporariamente de identidade. A partir daí, começam as agruras de ambos os personagens.

O que achou mais interessante?
Sem dúvida, o momento da história que fisga o leitor até o final do livro é o encontro entre os dois protagonistas. O garoto pobre e o sósia rico se surpreendem com a semelhança física que há entre eles.

Pontos fracos?
Não identifiquei pontos fracos.

Para quem indica?
Embora o livro seja classificado como infanto-juvenil, ele é recomendável para qualquer idade, pois trata de um tema profundamente humano e atual: a vontade de querer ser outra pessoa e as consequências negativas se isso fosse realmente possível.

De um a dez, qual nota você dá?
10 e com louvor.

Valdeir - Ponderantes







Um amor para nada – Jean d'Ormesson
217 páginas - Editora – Folio
Gênero - Romance

Por que resolveu ler este livro?
Por causa do título, pois pensei "como é que o amor pode ser para nada?"

O livro é sobre...
Philippe conhece Béatrice na Itália. Ela apaixona-se por ele, mas ele usa-a para os seus propósitos hedonistas (daí "um amor para nada").

Com o tempo, ele começa a reparar o quão bonita, simples e doce ela é. Depois apaixona-se por ela; só que demasiadamente tarde (uma vez que ela se farta da superficialidade do jovem e do seu desprendimento afectivo...deixando-o, por fim, para se lançar em aventuras). A pouco e pouco, Philippe fica obcecado por Béatrice; o seu amor por ela queima-o por dentro, corrói toda a sua existência; o arrependimento acomoda-se na sua mente para nunca mais sair.

O que achou mais interessante?
A maneira como o autor conseguiu transpôr para o papel, na perfeição, a manipulação, os jogos mentais, o flirt, o ciúme tácito, a paixão tórrida mas calma, o sentimento de culpa e, a forma como nos leva a sentirmo-nos culpados juntamente com Philippe e, a sentirmos raiva da Béatrice.

Pontos fracos?
O fim é demasiadamente brusco. É como se o autor não conseguisse mais enfrentar a história, como se não aguentasse o triste fim deste casal. Deixa a sensação de que falta algo.

Para quem indica?
Para pessoas que gostem de estudar a fundo as relações afetivas e que gostem de obras intensas ainda que destituídas de emoções, com um toque filosófico.

De um a dez, qual nota você dá?
9,5 (por causa do brusco fim).

Max - Blog

9 comentários:

Pedrita disse...

tenho muita vontade de ler esse livro do mark twain. beijos, pedrita

Mariane disse...

Tem um selinho pra vc no Compartilhando Leituras...

BJS

BANDEIRAS disse...

Olá,

Vim conhecer esse espaço tão legal, gosto muito de ler, mas não tenho preferência por estilos de leitura.
Sempre leio o que está á meu alcance.
Mas com certeza, aqui terei boas indicações.

Bjs

Mariane disse...

O Compartilhando Leituras está de visual novo. Faça uma visitinha, participe da enquete e dê o seu voto. Sua opinião é muito importante para sempre fazermos blogues com qualidade e conteúdo. Obrigadaaaaaa!!!

Abraços

Georgia disse...

Os dois livros me parecem muito bons.

Mas eu acho que se tivesse que escolher iria escolher o segundo. Gosto mais de romances nesse estilo, despertou-me a curiosidade.

Valeu!

Obrigada

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Amei as dicas!!!

Bjos

Max disse...

Oi Flávia,

Obrigada, por teres postado a minha escolha literária!

Gostei também de ler as outras recomendações: são muito boas!

Mais uma vez obrigada :D!

Beijos

Max disse...

Oi de novo,

Reparei numa coisa: referiste que eu fosse um homem...mas eu sou mulher lol (é um erro bastante comum, por causa do meu nome) :D!

Ciao

Valdeir Almeida disse...

Olá,

Fico honrado por ter apresentado minha visão sobre o livre "O Príncipe e o Mendigo".

Sou apaixonado por este livro e reforço minhas recomendações.

Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...