segunda-feira, 23 de junho de 2008

O CASTELO DE VIDRO

"O CASTELO DE VIDRO" - Juliette Lews
260 páginas - Editora Nova Fronteira
Gênero - Biografia, HIstória de vida

Por que resolveu ler o livro?
Porque gosto de histórias reais, de vida.

O livro é sobre...
Uma bem sucedida jornalista americana resolve revelar ao mundo suas origens. Durante toda sua vida profissional ela fez questão de esconder seu passado.

Julliette tinha uma família um tanto diferente. Os pais eram duas pessoas bastante excêntricas. Ele alcoólatra e a mãe desgostosa da vida, viciada em doces ao ponto de ver os filhos passando fome e comer uma barra de chocolate escondido para não ter que dividir com eles. O pai chegou a deixar que um homem quase estuprasse sua filha de 13 anos só para distraí-lo e assim, ganhar o jogo.

O que achou mais interessante?
A sinceridade da mãe que deixava claro que queria ter vida além dos filhos. Talvez mostrasse de uma forma errada...

Pontos fracos?
No início, a autora fala narra um acidente com queimadura, que aconteceu quando ela tinha uns 3 anos de idade e parece meio mentiroso, porque ela conta com uma riqueza de detalhes duvidosa.

O início é meio parado, mas se resistir, não vai conseguir largar.

Para quem indica?
Para quem gosta de história de vida e uma escrita leve, mas que deixa um gostinho de quero mais.

De um a dez, qual nota você dá?
Dou 9 só por causa do início. Seu eu não tivesse pulado algumas páginas teria parado ler.



Você também leu este livro? Quer saber mais sobre ele? PARTICIPE!!!
Você deseja participar com a leitura de um livro???
Envie seu email que entraremos em contato:
elasestaolendo@yahoo.com.br

9 comentários:

clabrazil disse...

Nossa, parece chocante mesmo. Se gostou desse livro vai gostar com certeza de um filme chamado An American Crime. Infelizmente nao sei o título em português, mas se trata de uma mae solteira alcóolatra nos EUA que além da própria penca de filhos ainda toma duas meninas para criar de uma família feliz, cujos pais nao podiam levá-las para as quermesses onde trabalhavam. É muito interessante. Recomendo.

Viviane Lima disse...

Comprei esse livro essa semana e estava querendo ouvir comentários de quem o leu...já vou tirá-lo da estante...

Beijocas

Georgia disse...

Olha, que eu fiquei curiosa, viu.

Minha biblioteca vai precisar de espaco.

Adoro essas histórias verídicas e como eu aprendo com elas viu.

Beijao

carolina disse...

Pessoal, li numa revista a reportagem desta jornalista-escritora e achei bem interessante. Agora com certeza vou ler este livro. Aguçou a minha curiosidade...

Uscia disse...

Eu li esse livro!
Gostei muito... Apesar de achar triste essa realidades, mas a escritora fala com detalhes, que a gente viaja no livro junto com ela!

Juliana disse...

Só corrigindo:o nome da jornlista é Jeanette, não Juliet, coisa básica do livro..rs

T.F. disse...

Um dos melhores livros que eu já li!
Está, com certeza, na minha lista dos mais especiais, não conseguia parar de pensar na história durante o dia inteiro era uma briga para parar de ler e quando acabou fiquei triste...
É daquelas histórias que levamos para a vida toda, muitissímo especial! Nota 10, ou melhor, nota 1000!

Bia disse...

Comecei a ler esses livros tem uns dias, mas como vc mesma fala aqui Flavia, o inicio é meio parado, chatinho...

E pelo amor de Deus, alguém chame o serviço social nesses pais dela! :P

bjs

Vanessa disse...

O nome dela é jeannette walls, não? hehe :3 Mas enfim, li este livro há pouco tempo. O início não me prendeu tanto, mas ao decorrer da história tudo vai ficando bem envolvente! Incrível a forma de como os Walls dão um jeito em tudo, haha. Superbom!
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...