quinta-feira, 26 de junho de 2008

Meu nome não é Jhonny


“Meu Nome Não É Johnny” - Guilherme Fiuza
336 páginas - Record
Gênero: Não Ficção, História de vida

Por que resolveu ler o livro?
Porque assisti ao filme “Meu Nome Não É Johnny” que teve o livro como inspiração. Fiquei apaixonada pelo filme, pelos atores e pela vida do personagem que parecia uma coisa tão próxima de qualquer ser humano.

O livro é sobre...
A vida de João Guilherme Estrela, nascido no Rio de Janeiro. De família de classe média alta tinha dinheiro e tudo para ter sucesso. Porém, decidiu entrar no mundo das drogas, primeiro usando maconha na adolescência, depois cocaína, até passar à elite da cocaína, a mais branca, a mais pura, se tornando traficante. Chegou ao apogeu, fazendo transportes da droga para Europa, até o momento em que é preso e seu destino fica nas mãos do seu advogado e da juíza que irá julgar seu caso.

O que achou mais interessante?
A forma como a história é contada. Em nenhum momento tenta transformar o João Guilherme em bandido ou em mocinho, só o mostra como um ser humano como todos nós. Isso deixa o livro interessante, nós ficamos mais aptos para ver qualquer ser humano além daquilo que a mídia e outros dizem sobre ele.

Pontos fracos?
Não seriam exatamente pontos fracos, mas, a raiva que dá pelo fato do João Guilherme Estrela ter acabado de forma indireta com a vida dos viciados. Da falta de respeito que aparentava ter com o pai, sendo que o mesmo estava doente na casa e ele realizava festas com drogas. Mas, são os efeitos da droga e são erros que todos cometem.

Para quem indica?
Para qualquer um que queira ver o potencial de um bom escritor brasileiro, como o Guilherme Fiuza, tentando sair dos livros tradicionais, chatos e rotineiros.
De um a dez, qual nota você dá?
Fiz uma média no meu blog, com alguns critérios, a nota que deu é 9.

Voce também leu este livro? Quer saber mais sobre ele? Participe!!!
Você deseja participar com a leitura de um livro???
Envie seu email que entraremos em contato:
elasestaolendo@yahoo.com.br


4 comentários:

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Confesso que nem o livro nem a hsitória deste cara me chamaram a atenção logo de cara. A história dele é meio fantasiosa. Mas vou tentar dar uma folheada no livro. Quem sabe...?

Bjos

Georgia disse...

Melina, muito obrigada pela participacao. E desculpa ter chegado só agora por aqui, é que meu filho teve aniversário e foi final de ano escolar. Chegou tudo junto numa mesma semana.
Mas NÓS adoramos a sua participacao. A forma como você escreveu sobre esse livro, me deixou super curiosa para lê-lo. Eu gosto muito de histórias verídicas e o filme nao chegou por aqui. Às vezes até chega, sabe um filme brasileiro com uma história em potencial, por isso vou ficar de olho.

Eu acredito que os jovens poderiam lê-lo. Quem sabe até num trabalho de grupo para ser debatido nas escolas, pois infelizmente o que a nossa juventude anda se infiltrando por esses caminhos tem sido enorme.

Melina, grande beijo e muito obrigada pela participacao.

Maria Fernanda disse...

Olá,
esse não li, mas assisti o filme.
bjs

Mermaid disse...

Não li esse livro mas assisti ao filme, que achei excelente sob todos os aspectos.
Mostra claramente a evolução de uma pessoa com as drogas e o que isso reflete em sua vida e nas pessoas com quem ela se envolve.
Deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas do país e o filme idem.
Super recomendo essa obra, baseada em fatos reais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...