terça-feira, 19 de maio de 2009

DIA 20! ENTREVISTA COM AUTOR! "O QUE É VELHICE"

A autora Sônia Mascaro é a nossa entrevistada deste mês. E vem falando de um assunto que está em alta na sociedade:a velhice.
A entrevista feita pela Geórgia ficou ótima. Dá vontade de correr para comprar o livro e entender como fazer para envelhecer melhor: (...) atingir uma velhice saudável é preciso entender que tudo aquilo que realizamos na juventude terá repercussão na fase da velhice.
Gostou? Então, boa leitura!

“O Que é Velhice”
Sonia de Amorim Mascaro


Gênero: Psicologia, Gerontologia, Comunicações de Massas, Sociologia, História.
93 páginas - Editora Brasiliense

Palavras Iniciais; O Desejo da Eterna Juventude; Um Pouco de História; Qual a Idade da Velhice?; Teorias Biológicas que Explicam o Envelhecimento; O Envelhecimento Biológico; Imagens da Terceira Idade; Pensamentos da Maturidade; Envelhecer: Um Desafio; Indicações para Leitura; Sobre a Autora.
Por que escreveu este livro?
A idéia de escrever este livro surgiu logo após eu ter defendido tese de doutorado, intitulada “As imagens dos velhos e da velhice nas páginas do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ (1988-1991)”, apresentada na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.
O objetivo deste trabalho foi analisar e compreender qual o significado das imagens dos velhos e da velhice transmitidas pelas reportagens, noticiários e artigos publicados no jornal “O Estado de S. Paulo”. Assim, achei que seria muito estimulante transmitir aos leitores o resultado de minhas pesquisas sobre o que significa envelhecer nos dias de hoje e também mostrar a eles o que acontece em nosso corpo quando vamos envelhecendo.
O livro é sobre...
O livro faz um painel do que significa envelhecer em seus diversos aspectos. No capítulo “Desejo da Eterna Juventude” veremos que desejar a imortalidade, a longevidade, a eterna juventude, derrotar a morte e a velhice, é um sonho mítico do ser humano, acalentado desde os tempos mais arcaicos.

No capítulo “Um pouco de História”, explico como era a realidade da velhice nas sociedades antigas, como a idade madura e a idade avançada eram prestigiadas na Antiguidade e como foram sendo desprestigiadas ao longo do tempo.


Já no capítulo “Qual a Idade da Velhice” focalizo a relatividade do que significa ser idoso nos dias de hoje, em relação tanto ao momento histórico quanto em relação às condições sociais e de saúde dos indivíduos.

Para os capítulos “Teorias Biológicas que explicam o envelhecimento” e “O Envelhecimento Biológico”, fiz pesquisas e entrevistas com gerontólogos e geriatras, que nos mostraram que o envelhecimento faz parte de um ciclo natural da vida e que as transformações que as caracterizam originam-se no próprio organismo e ocorrem gradualmente.

Os especialistas concordam que o envelhecimento de cada pessoa é uma experiência bastante individualizada e heterogênea. E eles nos alertam que para atingir uma velhice saudável é preciso entender que tudo aquilo que realizamos na juventude terá repercussão na fase da velhice.

Quais os pontos positivos de escrever sobre este(s) assunto(s)?
O ponto positivo foi conhecer mais profundamente o que significa envelhecer e poder transmitir esse conhecimento aos leitores.

E os pontos negativos?
Gostaria de ter dado outro título ao livro, ele deveria ter se chamado “O Que é o Envelhecimento”, isso porque a palavra envelhecimento expressa a idéia de processo, pois desde que nascemos estamos envelhecendo.
Para quem você indica o seu livro?
Para todos aqueles que procuram conhecer o processo de envelhecimento e informar-se sobre os estereótipos e preconceitos que ainda existem em relação aos idosos. O objetivo da Editora Brasiliense com esta coleção foi transmitir com textos fluentes, agradáveis e jornalísticos os “Primeiros Passos” em direção a diversos temas.




Gostou? Quer saber mais sobre a autora? Entra aqui: Leituras & Imagens

18 comentários:

Georgia disse...

Sonia querida, seja muito bem vinda por aqui.

Obrigada pela entrevista.

Acredito que todas nós enfrentamos a velhice como um bicho-papao. Eu, apesar dos meus 48, ainda estou rindo que nao tenho rugas, rs. Mas nao sei como eu reagiria se no espelho o meu reflexo fosse diferente...

Acredito que a pior velhice é na cabeca da gente...

Gostaria de ler o livro. Como faco?

Um grande beijo e seja muito bem vinda por aqui.

Eduardo P.L disse...

Minha querida amiga Sonia,

que bom ler e ve-la por aqui! Ótima entrevista, como não poderia deixar de ser! O livro, que já li, recomendo!

Bjs às duas!

Maria Augusta disse...

É muito bom desmistificar este tema do envelhecimento, que parece cada vez mais lento com os avanços da medicina, cada geração "vê" a velhice chegar mais tarde que a anterior.
Pela entrevista já percebemos que a Sonia, com sua inteligência e cultura, sabe tratar com sensibilidade um tema como este e que o livro deve ser excelente.
Parabéns à entrevistada e à entrevistadora!
Beijos.

sonia a. mascaro disse...

Queridas amigas Georgia e Flávia!
Estou muito feliz por estar aqui no "O que elas estão lendo!?" que é um espaço tão importante para a cultura literária na blogosfera. Muito obrigada pela oportunidade que me ofereceram de dar esta entrevista e divulgar o meu livro "O Que é Velhice", que trata de um assunto que certamente diz respeito a todos nós e que me mobiliza profundamente. Seja porque temos avós, pais e familiares idosos, seja porque um dia também ficaremos velhos. Mais uma vez muito obrigada!

Queridos amigos Eduardo e Maria Augusta, agradeço as carinhosas e generosas palavras.

Beijos.

João Menéres disse...

Ao tempo (culpa minha, em absoluto) que eu não tinha o prazer de "ler" a SONIA MASCARO...
Mas, a GEORGIA deu-me essa oportunidade com esta tão interessante quanto válida entrevista.
Já que a própria autora, afirma que hoje daria outro título ao livro (que não li ainda, ao contrário do EDUARDO) eu sugeriria, antes, SAIBA ENVELHECER.
E este livro devia ser indicado como leitura obrigatória para toda a adolescência, já que é a partir dessa altura que cada um começa a traçar a etapa final da sua caminhada.
E todos devíamos estar bem despertos para o problema maior que se coloca, tanto a cada um de nós, como aos nossos familiares.
Não devemos ser um peso para os outros, como também nos não pode interessar um final sem qualidade de vida.
Desde cedo, temos que aprender a morrer com dignidade.
Pelo que li da entrevista, acho que a SONIA MASCARO aborda toda essa problemática e por isso felicito vivamente a GEORGIA por tão importante entrevista realizada à SÓNIA MASCARO a quem duplamente felicito por ter concedido esta entrevista e por ser a autora de tão significativa obra.
Meus beijos às duas, traduzem consideração, admiração e amizade.

disse...

Sonia...me lembro bem de já ter lido este teu maravilhoso olhar sobre a velhice e de ter na época, se naõ me engano, deixado um grande comentário...de apreciação e análise.
Todos deveriam ler...fica mais fácil enfrentar o passar dos anos sabendo quaõ semelhantes somos e de como os problemas na verdade só mudam de endereço...Um grande beijo querida para vc com este teu talento... e para vc Georgia parabéns pela entrevista...ótima idéia!

Alice Salles disse...

Fantástica entrevista! Grande assunto esse, muito bem abordado. O livro deve ser fantástico!
Beijos

marie disse...

Ora aqui está um assunto que me assenta que nem luva!...
Não tive oportunidade de ler o livro da Sonia Mascaro, mas até à data tenho sabido lidar com a situação(penso eu)...
Nunca tive medo de envelhecer ou morrer, tenho medo sim é de sofrer!
Para mim a vida só tem razão de ser enquanto conseguimos usar nossas faculdades...
Cá vou aproveitando o meu tempo, fazendo caminhadas, aulas de hidro-ginástica, aulas de danças de salão, de quando em vez vou pôr em prática os conhecimentos adquiridos, e também uma ou outra vez dou uma folfazinha ao marido e fazemos um jantarinho só de mulheres que em geral acaba numa discoteca cheia de jovens, a abanar o capacete...
Mais ruga, menos ruga, o que importa é abertura de espírito!
Parabéns à autora do livro pela bela entrevista.

sonia a. mascaro disse...

Peço licença à Flávia e à Georgia para agradecer neste espaço às generosas palavras dos novos comentadores, João Menères, Ví, Alice Salles e Marie.

Acabei de fazer um post no meu blog Leituras & Imagens, no qual postei o primeiro capítulo do livro.

Respondendo à Georgia, o livro pode ser adquirido nas boas livrarias e também por compra on line.
Um abraço.

20epcosanos disse...

oiee,

Sou nova nesse mundo de blog, mas achei o seu super interessante! Vou acompanhar sempre!

Beiijo

Elma Carneiro disse...

Sonia, vejo que você voltou a 1000 por hora com suas atividades no Leituras&Imagens, estou feliz e mais ainda ao ler essa sua entrevista sobre um tema tão importante para todos, que vai dos jovens aos mais velhos e para mim também que já estou com os pés dentro da idade onde a maturidade nos revela um horizonte sereno, com a sabedoria adquirida no rolar do tempo.
Antes eu já havia visto referências do seu livro no Google, e gostaria muito de adquiri-lo. Vou pesquisar as livrarias de Goiânia, pois quero muito ler você.
A Georgia está de parabéns ao entrevistar essa nossa amiga que além dos blogs é uma grande estudiosa das causas humanas, uma importante escritora que tenho a honra de ter sua amizade.
Sonia, valiosas palavras vindas de sua sabedoria.
Beijos

Gaspar de Jesus disse...

Caras amigas Sonia e Georgia
Não savbia desta entrevista, (boa entrevista devo dizer), e desconhecia (por isso me penalizo) SONIA Autora de um livro que também me interessa por motivos obvios, mas que ainda não li.
Irei à procura! Mas no entretanto vou passar no Blog da Sonia para conmhecer um pouco desta obra.
Parabéns a ambas.
Beijinhos
G.J.

A cor da Imaginação disse...

Adorei a entrevista e bom ver tese transformada em livros, dá uma veracidade e cientificidade aos textos. Espero apreciar mais entrevistas nesse viés.

Quem sabe eu ainda não estarei aqui como escritora?

Beth/Lilás disse...

Que beleza esta entrevista, Geórgia!
E gostei e me interessei muito sobre o que a autora Sonia tem a nos dizer. Vou verificar, sim.
beijos cariocas

Bergilde Croce disse...

Sou enfermeira e estou lidando e trabalhando com idosos, para mim essa leitura é muito interessante e estimulante.Amei a entrevista.

Nanda Botelho disse...

Oi!

Descobri o blog através do Boa Baltazar! Adorei a entrevista e o tema do livro, já conhecia a Sônia, pois visito seu blog.

Tornei-me seguidora, e depois vou querer participar.

Tenho uma seção em meu blog, chamada Livros na qual eu faço comentários sobre livros de auto ajuda, já que meu blog tem esse viés.

Mas também gosto de ler romances e outros temas, os últimos livros que li foram: Fora de Órbita de Woody Allen, Persuasão de Jane Austen e estou lendo agora, Comer, Rezar, Amar de Elizabeth Gilbert e Nadismo de Marceli Bohrer.

Bjão!

Marina Gomes disse...

Aaaaaaaaaaaaah que lindo!
Estou contando os minutos, espero que os leitores gostem do livro! Beijos! :*

♥ Denise BC ♥ disse...

Sônia, parabéns pela entrevista, você esplanou muito claramente o conteúdo interessante se seu livro.

Parabenizo também a Goergia e as demais meninas que colaboram com esse espaço criativo e mágico.

Grande beijo à todas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...