terça-feira, 13 de maio de 2008

O OLHO MAIS AZUL

"O olho mais azul" - Toni Morrison
216 páginas - Companhia das Letras
Gênero: Literatura Estrangeira - Romance

Por que resolveu ler este livro?
Este livro fazia parte da bibliografia de um curso que participei na faculdade.

O livro é sobre...
Sobre padrão de beleza e sobre o olhar (sobre nós mesmos e pelos outros), racismo, rejeição, loucura, mas acho que uma palavra resume tudo: a opressão.

A história se passa nos EUA na década de 40, onde o padrão de beleza é o da menina loura de olhos azuis, como a Shirley Temple. A família 'Breedlove' é pobre, negra e tem dois filhos, um menino e uma menina. O livro narra a trajetória da menina Peccola, que é rejeitada pela família, pelos amigos na escola, pela professora e até mesmo por crianças negras. Para fugir daquela realidade tão hostil, a menina começa a fantasiar que seus olhos são azuis, como a maioria das meninas de sua cidade, que é branca. Ao longo da trama, percebe-se que o grau de loucura vai aumentando proporcionalmente ao grau de rejeição que Peccola sofre, e assim, seus olhos ' tornam-se' não somente azuis, mas 'os mais azuis'.
O título do livro dá margem a outras interpretações já que "The bluest eye", o olho mais azul, também pode ter a conotação do 'olho mais triste', já que 'blue' também pode significar 'triste' em inglês.

O que achou mais interessante?
Apesar de triste, temos um retrato dramático sobre a vida de uma criança sendo destruída por causa de estereótipos impostos pela sociedade e onde nem mesmo na família, a menina está protegida. O caminho que a personagem encontra para fugir da situação é através da loucura.
Por todos estes motivos, o romance por inteiro interessante já que é uma forma de aprendermos sobre o que não se deve ser feito com crianças ou qualquer ser humano.

Pontos fracos?
A grosso modo, pode parecer que o livro é horrível já que lida com temas difíceis e polêmicos, mas sinceramente não vejo pontos fracos.

Para quem indica?
Para todos que se interessam por temas que nos fazem refletir sobre a vida.

De um a dez, qual nota você dá?
Dez.
Sônia - http://www.ocantinhodaborboletaazul.blogspot.com/
Você também leu este livro? Quer saber mais sobre ele? Comente!
Você deseja participar com a leitura de um livro???
Envie seu email que entraremos em contato:
elasestaolendo@gmail.com

7 comentários:

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Queria ser a primeira a comentar e dizer que fiquei louca para ler este livro! Já está na minha lista!

Beijocas mil

Lucia Cintra Stevenson disse...

Oi, infelizmente esse preconceito e estereotipo continua ate hoje na sociedade americana. E' so o que voce ve na televisao ou le em revistas ou artigos... criancas e adolescentes fazendo de absolutamente tudo pra seguirem o padrao de beleza... bulimia, anorexia, cirurgia plastica, dietas e mais dietas... fora as rejeicoes que continuam mais fortes e pesadas como nunca, se voce nao se junta ou modela a esse grupinho em escolas daqui. Muito triste mesmo.

Georgia disse...

Sonia, eu ainda nao li o livro. Mas assim que der vou providência porque me despertou o interesse. Um assunto seríssimo "rejeicao", é o que trata o livro, nao? Uma vez na faculdade fizemos um trabalho com a nossa professora de psicologia na sala de aula. Onde foi abordado o tema de professoras que rejeitam seus alunos e me lembro que foi baseado neste livro. Mas na época com tantas matérias deixei passar e agora vem vc exatamente falando nele.
Obrigada por aceitar o nosso convite.

Grande beijo

Alê disse...

Eu ainda não li esse livro, mas a dica está anotadíssima.

Seu post me fez parar para pensar que o preconceito, faz com que a pessoa que o sofre, crie um mundo onde muitas vezes a única libertação é mesmo a loucura.

Beijos

Alê

Alê disse...

Oi

Eu vou enviar um e-mail e podem mandar o questionário sim.

Beijos

Alê

Persona Perversa disse...

Não conhecia o blog e adorei a proposta!
Com estou sempre procurando por bons livros e tentando sair daquela listinha dos mais vendidos, voltarei sempre aqui!
Gostei muito do livro desse post e vou procurar comprá-lo!
Bjocas

batatatransgenica disse...

essa dica me lembrou de um documentário que passou há alguns anos, não sei se no gnt ou no multishow, chamado "blue eye". trata-se de um exercício desenvolvido por uma professora norte-americana do primário, vocês já viram? valei *muito* a pena, dá pra baixar pelos p2p da vida.

este é o site da proofa jane elliott:
http://www.janeelliott.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...