quarta-feira, 25 de maio de 2011

Terra Sonâmbula

Por que leu este livro?
Porque já tinha lido "Venenos de Deus remédios do diabo" uma outra obra do autor e que adorei.

O livro é sobre...
Um homem que ensina uma criança a dura realidade da vida. O mais velho passa ser uma pessoa rabugenta e ensina bruscamente o que o mais novo precisa aprender. "Não meta o coração em nada", diz. O garoto rebate com uma ingênua esperança típica de sua idade.

Um ônibus incendiado em uma estrada poeirenta serve de abrigo ao velho Tuahir e ao menino Muidinga, em fuga da guerra civil devastadora que grassa por toda parte em Moçambique. Depois de dez anos de guerra anticolonial, o país do sudeste africano viu-se às voltas com um longo e sangrento conflito interno que se estendeu de 1976 a 1992. 

O que achou mais interessante?
A partir daí, duas histórias são narradas paralelamente: a viagem de Tuahir e Muidinga e, em flashback, o percurso de Kindzu em busca dos naparamas, guerreiros tradicionais, abençoados pelos feiticeiros, que são, aos olhos do garoto, a única esperança contra os senhores da guerra. Esta é a primeira obra em que o autor utiliza o pesadelo da guerra civil moçambicana como cenário.

O que você acrescentaria à sua resenha?
O livro foi considerado pelo júri especial da Feira do Livro de Zimbabwe um dos 12 melhores livros africanos do século XX e agora reeditado no Brasil pela Companhia das Letras. O autor utiliza o realismo mágico e a narrativa tradicional africana. E que existe um filme sobre este livro.

Nota?
10.
Mia Colto


Mia Couto é filho de portugueses, mas nasceu na África, e era militante da Frente de Libertação de Moçambique, lutando pela independência de seu país entre 1964 a 1974. Ajudou a compor o hino nacional moçambicano, e trabalhou para o governo durante a guerra civil culminada no período de 1976 a 1992.

Tornou-se no primeiro africano a vencer o prêmio União das Literaturas Românticas, recebido em Roma. A obra “Terra Sonâmbula” Foi eleita um dos 12 melhores livros de todo continente africano no século XX.


6 comentários:

Mônica disse...

Meninas, adoro Mia Couto, já assisti varias palestras dele aqui em Fortaleza. Acho lindo seus textos, mas nunca li nenhum de seus livros. Boa dica para eu ler. Beijos

Cacá - José Cláudio disse...

Já li uns três livros do Mia Couto e na minha modesta opinião acho que ele bem que poderia ser indicado para o nobel de literatura. É simplesmente um monstro sagrado da literatura portuguesa. Abraços. paz e bem.

Georgia disse...

Cacá e Monica, ele é sensacional.

Abracos

Sonhos & melodias disse...

Esse foi o primeiro livro que li dele. Maravilhoso! Tive o privilégio de tê-lo aqui no colégio onde trabalho falando aos alunos pois seu livro O outro pé da sereia foi adotado. Ele é maravilhoso. Não sei nem dizer qual seu melhor livro. Sugiro todos. Parabéns pela resenha.
Bjs

Mirella disse...

Oi,
Desculpa a invasão (assunto fora do tema do post)...
Não sei se conhecem a iniciativa de trocar fotos pelo facebook e twitter.
O tema dessa semana é #LIVROS e lembrei de vocês. Para participar basta ir na pagina do facebook http://www.facebook.com/FotodeViagem e dividir sua foto com a gente! (Se quiser depois é só ir no twitter e linkar lá tb :) )
bjks

Giane disse...

Oportunidade para conhecer um novo autor. Nunca havia ouvido falar dele.
Vou procurar ler esse livro e o outro citado aqui "O outro pé da sereia".

Agradeço por compartilhar cultura sempre, Meninas!

Beijos mil!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...