sexta-feira, 23 de abril de 2010

POLÍGONO DAS SECAS

Polígono das Secas - Diogo Mainardi
127 páginas - Record

Por que leu este livro?
Por que ganhei em uma promoção realizada aqui no blog "O que elas estão lendo", o livro foi presente da Vanessa do blog o Fio de Ariadne.

O livro é sobre?
Várias histórias de sertanejos que se entrelaçam, formando um só enredo.Entre os personagens encontra-se senadores, latifundiários, capangas, vaqueiros e o "Untor", protagonista da história, que através dos seus atos acaba aproximando todos os personagens.

Pontos fracos?
Pra mim tem vários, posso ter sido influenciada por esperar um determinado texto e encontrar outro no livro. Sou estudante de Pedagogia e uma militante em pró de uma educação contextualizada que valorize as culturas locais ou uma educação que seja contra aos estereótipos, muitas vezes na forma de mitos e narrativas negativas sobre o povo do semiárido brasileiro, que se disseminou na sociedade. Apesar de na sinopse do livro o autor reconhecer esses preconceitos, e até se considerado uma crítica aos mesmos, de forma indireta ou direta ele acaba reforçando algumas idéias que se tem dos povos residentes dentro do Polígono da Seca. O autor reconta mitos, alguns que se criou em torno dessas populações, ou seja o texto vai contra o que acredito ser a representação real da nossa região.

O que achou mais interessante?
A foma leve como o texto foi escrito.

Para quem recomenda?
Pra todos que gostam de ler, apesar do livro não ser uma das leituras que mais gostei, acredito que todos possam ter opiniões diferentes sobre o enredo do autor. Só peço aos leitores que tenham mais informações sobre o espaço designado como "Polígono das Secas" e tenham um olhar crítico sobre as idéias que são lançadas nas obras literárias ou na mídia sobre a realidade desse espaço, que muitas vezes é maquiada para servir de barganha política.

Que nota você dá?
7.


Maisa - A cor da imaginação


E para quem vive em Paris, estamos convidando que nos enviem um email, pois o nosso encontro em maio será nesta linda cidade. Entao leitoras que vivem em Paris ou perto de Paris nos enviem um email para: elasestaolendo@gmail.com

Um comentário:

Marcelo Scotton disse...

Me permita discordar, minha cara, mas acho que a obra se destaca justamente por implodir lugares comuns da cultura nordestina.

A abordagem acerca de mitos e crendices locais do nordeste é pertinente. No lugar de exaltações, faz críticas duras a falsos heróis, geralmente desafortunados de predicados morais e intelectuais.

Contudo, sua crítica foi honesta e devo concordar com a forma leve como o texto foi escrito.

O ponto fraco, a meu ver, foi estético: o desfecho da obra me pareceu insuficiente. Não ficou a altura da narrativa e ficção das páginas que precedidas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...