sexta-feira, 5 de março de 2010

The Book of Negroes

The Book of Negroes - Lawrence Hill
487 páginas - Editora: HarperColins Publishers
Gênero: Ficção


Por que leu este livro?
Eu esta em busca de algo interessante para ler em um site de livraria e me deparei com a linda capa desse livro, não li a sinopse, nem procurei saber outras obras do autor, apenas fui movida pela certeza de que um livro com uma capa tão linda não podia ser ruim, esse mesmo impulso já me levou a ler outros livros de que gostei muito.

O livro é sobre...
Sobre a história de Aminata Diallo, uma senhora, ex-escrava, que em pleno século XIX, em Londres, resolve contar a própria história ao mundo. Ela narra a sua vida na África em um vilarejo no Oeste, como foi capturada por mercadores de escravos, o embarque em um navio negreiro, a travessia que podia durar meses, e a sua chegada na Carolina do Sul para trabalhar em plantações de indigo.Após uma fase de muitos sofrimentos e perdas ela vive uma nova fase, nada fácil também, mas mais madura e calejada ela encontra novas formas de lutar por sua liberdade e respeito das outras pessoas. Pontos fracos? Seria legal se tivesse mapas dos lugares citados no livro, mas não chega a ser um ponto fraco, acho que o livro não o tem.

O que achou mais interessante?
Eu sou apaixonada por história, sempre achei muito interessante ler sobre o passado para entender como chegamos aqui, como o mundo se transformou no que é hoje, a história me põe em um ponto de partida para uma linha de pensamento e analise das coisas.

Esse livro me interessou muito por ser de uma época passada, mas mais ainda por contar a história por um outro ângulo. Nós estamos acostumados a ouvir, ou ler sobre história a partir dos olhos dos exploradores, mas nunca tinha lido nada do ponto de vista (mesmo que fictício) dos que foram explorados.
Uma coisa muito curiosa que me aconteceu lendo esse livro foi o de me ver pela primeira vez pensando em como os negros africanos viviam antes de virem para o Ocidente, na minha cabeça (mesmo tendo uma bisavó que foi para o Brasil na época do Ventre Livre) era como se a vida dessas pessoas só tivesse começado a partir da sua chegada, não por racismo, mas por não ter tido tanta informação a respeito de suas vidas antes da escravidão.

Para quem recomenda?
Eu recomedo a todos que desejam conhecer um pouco mais a história de um povo que sofreu muito e a todos que tenham o mesmo amor por história que eu tenho.

Que nota você dá?
Eu dou nota dez, sem dúvida.












4 comentários:

Beta disse...

Interessante!!!

Bj

Pedrita disse...

a capa é realmente lindíssima, tb fiquei com vontade de ler. beijos, pedrita

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Não é bem o tipo de história que gosto. Mas gosto de ler sobre histórias de como os conflitos étnicos começaram na África. Quem gosta deste livro vai gostar de "Sobrevivi para contar" e '" Muito longe dcasa". Já resenhados aqui,

Beijos

Sonia H disse...

Soraya,
A capa é linda mesmo! Eu também gosto de História.
Beijos,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...