quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

THE OPPOSITE LOVE / O OPOSTO DO AMOR

The Opposite of Love - Julie Buxbaum
370 páginas - A Dell Book
Gênero - romance, comédia, drama.

Por que resolveu ler este livro?
A sinopse foi o que me atraiu de início. A personagem principal parecia viver um momento parecido com o momento que eu estava vivendo há alguns meses atrás.

O livro é sobre...
Ao desconfiar que seu namorado há dois anos, vai pedi-lá em casamento, Emily toma uma decisão surpreendente: termina o relacionamento, sem conseguir encontrar uma justificativa plausível para tal atitude. Mergulhada no trabalho, a advogada não se dá nem tempo para refletir sobre o assunto e passa 20 horas por dia no escritório, envolvida em uma causa que vai contra seus princípios e a faz lidar com um chefe que insiste em assediá-la.

Quando descobre que seu avô, uma das pessoas que mais ama e sempre esteve presente para apoiá-la sofre de Alzheimer, a Emily é forçada a encarar seus fantasmas. A ausência da mãe, que morreu de câncer quando ela tinha 14 anos, e a distância existente entre ela e seu pai, um político bastante ocupado, incomodam como nunca!

O que achou mais interessante?
Não teve uma letra dessa história que eu achasse chata.
Apesar de comprar o livro achando que, talvez, encontrasse nele as respostas para o meu próprio momento confuso, ao decorrer da história percebi que essa razão não tinha lá muito haver. Mas nem por isso tornou o livro menos interessante, pois mesmo assim me identifiquei com Emily.
A autora trata de assuntos como amor, perda, falta de comunicação, amadurecimento, aprender a lidar com os sentimentos e a capacidade de se reerguer diante das rasteiras que a vida nos dá. Fiquei até tentanda em escrever para a autora e perguntar dando ela tirou toda essa história, se foi algo que aconteceu com ele, pois o livro mostra, principalmente, como as verdadeiras mudanças da vida acontecem de dentro para fora.

Pontos fracos?
Não achei absolutamente nenhum!

Para quem indica?
Para todo mundo que gosta de ler um bom romance, mas principalmente para quem está passando por grandes mudanças na vida. O título em português é a traduação ao pé da letra, "O oposto do amor".

De um a dez, qual nota você dá?
Nota 10! Embora valesse até mais!


Bia - http://thepagesofmynewlife.blogspot.com/

12 comentários:

mitti disse...

Nossa, mega interessante, creio que vou comprá-lo...hoje!!

Um beijo

Bia Mendonça disse...

Um dos melhores livros que li nos ultimos meses!


bjs

Beth/Lilás disse...

Biazinha,
Será que eu posso ler este livro? Combina para minha idade também?
Ou será somente para jovens moçoilas como você!?
beijinhos cariocas

Bia Mendonça disse...

Beth pode sim, eu não acho que esse livro seja direcionado a apenas uma faixa etária. Achou que serve para todos que estão lidando com os "assuntos" que a autora aborda: perda, amor, amadurecimento, comunicação e etc.
Não sei se todo mundo que pegar esse livro depois da resenha para ler, vai vê-lo com os meus olhos que eu vi, mas no minimo é um boa romance.

bjs

☆ Feitio'zinho ☆ disse...

sou seguidora ;)

Dalva disse...

Super interessante! Anotada a dica para o futuro.

Bjs.

Georgia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Georgia disse...

Bia querida, adorei a dica! Uau!

Será que já existe em português?

Espero que sim, pois vc o leu em

inglês, senao me engano?


Valeu!

Beijao

Bia Mendonça disse...

Georgia, tem sim em português, o nome é O oposto do amor. bjs

Leci Irene disse...

Humm... eu tenho medo enorme de romances! ehehehe .... só pq lá na minha adolescencia os romances faziam parte ativa do meu dia! - pior é que eu queria que a vida real fosse fácil de conduzir como os romances!!!!!!!!!

Flávia Fayet disse...

MEninhas tem um presentinho pra vc no meu Desabafo! Beijos

Cíntia Mara disse...

Já ouvi falar desse livro, parece ser muito bom mesmo. E essa resenha ficou ótima, é bom ver quando as pessoas se empolgam com um leitura.

Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...