sexta-feira, 18 de março de 2011

AUTOR DO MÊS - Vanessa Anacleto

Você é mãe? Então para tudo e conheça esse livro!

Estamos buscando cada dia mais trazer autore(a)s que falem direto ao coração das mulheres nas linhas de seus livros. Por isso,  livro "Culpa de mãe" diz tudo para as que já tem filhos!

Vanessa Anacleto se dedica a esse universo. Editora dos blogs Fio de Ariadne e Mãe é tudo igual, é casada, tem 41 anos e é mãe do Ernesto, de 3 anos. Carioca por adoção, deu uma parada numa carreira estressante depois da maternidade para, simplesmente, escrever. Culpa de mãe é o primeiro livro.

Com vocês, Vanessa e o seu "Culpa de mãe"

De onde veio a idéia do livro?
Depois que meu filho nasceu, há 3 anos, comecei a conversar com muitas mães e entrei em contato com o dilema da mulher moderna que deseja ter uma família sem deixar de ser profissional. Escrevi um post no Fio de Ariadne sobre o assunto e ele teve muito boa aceitação. Resolvi então transformá-lo em livro.

Qual o tamanho da sua culpa?
Tenho pequenas culpas acumuladas nesses três anos mas nenhuma tão dilacerante quanto a de uma mãe que precisa deixar o bebê para voltar ao trabalho porque não precisei passar por isso. Tive a oportunidade de dar uma pausa e até repensar minha atividade fora da casa depois da maternidade.

Antes de ter filho achou que passaria por isso?
Antes de ter filho eu não sabia de nada, nem sabia que isso existia. Tinha restrições à maternidade justamente porque achava que era completamente impossível ser mãe e trabalhar fora. Depois que você vivencia o "ser mãe" e passa a olhar as outras mães com identificação, vê que não existe nada impossível e que cada uma acaba encontrando a melhor solução para seu dilema.

Que tipo de mulher / mãe vai se identificar com o livro?
Pelo feedback que estou tendo das leitoras, a mães que se identificam com o livro são as profissionais que sofreram para conciliar carreira e família, achando para isso as mais variadas alternativas, desde mudar de trabalho para ficar mais perto dos filhos até simplesmente parar de trabalhar. Também estou tendo retorno das mães que apesar de dizerem não terem sentido a "tal da culpa", vivenciaram o dia-a-dia da adaptação do bebê depois da volta ao trabalho. Isso sem falar nas grávidas.

Qual são as suas dicas para a mulher se sentir menos culpada?
O mais importante, em qualquer situação na vida, é não imaginar que seremos perfeitas em todas as situações. Tampouco conseguiremos suprir todas as demandas de nossos filhos, e nem é isso o que eles precisam. Somos imperfeitos e os filhos mais ensinam do que aprendem. Então, vamos viver esse amor imenso que a maternidade nos dá, sem culpa!

Qual a sensação que a mulher terá ao terminar de ler o livro?
Espero que ela feche o livro com a sensação de que não está sozinha, que muita gente passa pela mesma situação e cada uma é capaz de achar a sua solução. Não existe resposta certa para este dilema, cada mãe tem a sua receita.

O quanto de Fernanda (a personagem do livro) há em você?
Que pergunta boa! Tenho bastante da Fernanda quando busco todas as saídas para uma situação difícil, sem exaustão. E acho que emprestei a ela também um pouco da minha flexibilidade. E acho que sou um pouco Fernanda quando penso em quanta paz o abraço do meu filho me traz. Mas isso é coisa de mãe.

"Fernanda, a personagem principal de Culpa de mãe, deseja apenas ser mãe de seu bebê. Faltando poucos dias para o término da licença maternidade, a nova mãe descobre que não quer deixar a filha apesar de ser muito feliz profissionalmente. A partir de então, inicia uma busca pela solução do dilema. Uma solução pessoal e intransferível."

Gostou? Quer ler? Quer saber mais?

7 comentários:

Antonio Abreu disse...

O conteúdo do blog me chamou a atenção, gostei de tudo que li, muito bem feito e interessante... um abraço.

Beta disse...

Linda! A Vanessa é linda!!!
Tenho certeza que Culpa de Mãe vai fazer muito sucesso!!

Parabéns amiga!

bj

Beth/Lilás disse...

Parabéns a Vanessa pela conquista e gostei do tema, pois tem muita mãe que vai adorar ler mais sobre os mesmos problemas que atravessa.
bjs cariocas

Mylla Galvão disse...

Essa entrevista está show! Vcs capricharam meninas! E a Vanessa... Não tem o que falar!

bjinhos e bom fds!

Camila Monteiro disse...

Ameeei essa entrevista!!! Nao sou mae, mas achei a leitura util, hj em dia a coisa ta tao feia por ai... falta educacao e isso comeca em casa! Adorei. beijos

Georgia disse...

Vanessa, li o teu livro e dizer que ele é maravilhoso é muito pouco.
A entrevista está sensacional, obrigada pelo carinho de sempre conosco por aqui.
Acredito que todas vocês que puderem ler o livro da Vanessa só terao a ganhar com esta leitura.

Bjao

Vanessa disse...

Georgia e Flávia, eu só tenho a agradecer pelo carinho e pela força.

Obrigada !


beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...