sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Perdidos na Toscana – Affonso Romano de Sant´anna
252 páginas - Editora – L&PM
Gênero - Crônicas

Por que resolveu ler este livro?
Porque aprecio o gênero (modestamente também me considero cronista), porque sempre me atraíram os relatos de viagem e, principalmente, porque sou admiradora do poeta Affonso Romano de Sant’Anna.

O livro é sobre...
São crônicas de viagem, relatos e descrições dos mais diversos pontos do globo terrestre, com as peculiaridades de cada lugar, as excentricidades e os acontecimentos.

Ex.: “Ravello é um “sacro monte” da literatura. Incrustada na Costa Amalfitana, perto de Nápoles, misteriosamente atraiu e atrai um incalculável número de celebridades que vão lá expor sua peregrinante sensibilidade. Ravello veio acumulando memórias desde os romanos, no século IV foi o ponto de negociantes árabes e africanos, depois possessão de normandos, e, assim por diante, até ir se inscrevendo através do tempo, serpenteando a encosta com discretas torres e jardins, com vielas estreitíssimas em degraus que sobem e descem por entre oleandros e gerânios.” (p. 133)

O que achou mais interessante?
Sem dúvida, o conhecimento prévio dos lugares visitados, embasado numa sólida cultura e no domínio de vários idiomas. O respeito profundo pela tradição e pela cultura de cada lugar visitado e, sobretudo, a linguagem poética, ponto alto do livro.

Pontos fracos?
Não sei se chega a ser um ponto fraco, mas, pelo excesso, irrita um pouco o desencanto total com o Brasil e com os brasileiros. Nem sequer aquele “banzo” que costuma nos acometer nas longas viagens ao exterior é detectado. Tudo no Brasil é pior e o livro perde muito com isso, embaçando as ricas descrições de várias partes do mundo numa co-relação desnecessária com nosso país, sempre para diminuí-lo, criticá-lo, desmoralizá-lo.

Para quem indica?
Sempre, em primeiro lugar, para quem gosta de ler. Depois, para quem aprecia a leitura de crônicas e, finalmente, para quem acha que pode conhecer um pouco mais do mundo através da leitura de um bom autor.

De um a dez, qual nota você dá?
Como cronista e como antipatriota radical, dou 7.




E Participe do sorteio! Deixe um recado dizendo: Meu estilista (escritor) preferido é... E já está concorrendo a 10 livros "Transformar está na moda!"


8 comentários:

Albuq disse...

Acredito que uma leitura assim, nos leva a conhecer muitos detalhes da cultura e isso é muito bom, porque é numa leitura simples que a gente vai aprendendo. bjs

Marilu disse...

Minha querida além de ser rata de bibliotecas e sebos, adoro a região da Toscana, e não é porque agora ela está na novela. Sempre achei uma das regiões mais lindas da Itália, aquele concerto que Andrea Bocceli fez lá é uma das coisas mais lindas que já vi. o filme Sob o sol da toscana...maravilhoso....Tenha um lindo final de semana...Beijocas

Mariana Lopes disse...

Quero muitooooo *-*

veronica disse...

esse blogger é um espetaculo adorei muito é sensacional eu quero um livro fiquei curiosa

veronica disse...

novidades se tiver orkut add lá veronica_h-tona@hotimail.com

Sandra disse...

A capa é linda e por si só já é um atrativo. Além disso, novas culturas para explorar? com certeza deve ser um livro absolutamente rico!

beijos =]

Maria Luiza Vargas Ramos disse...

Espero que meus comentários inclusive sirvam para divulgar o livro.
Já estou alinhavando a resenha de outro que acabei de ler.
Grande abraço e apareçam lá no meu blog também.

Georgia disse...

Eu achei a dica muito interessante.
E Toscana, deve ser um lugar lindo.

Bjao

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...