sábado, 30 de janeiro de 2010

O Pai Invisivel

O pai invisível - Kledir Ramir
133 páginas - Objetiva
Gênero: Literatura Brasileira

Por que resolveu ler este livro?
Uma amiga chegou do Brasil e me emprestou o livro dizendo que em 3 meses ele tinha vendido mais de 5 mil exemplares.

O livro é sobre...

O livro é uma reflexao do dia a dia de um pai com filhos adolescentes.
Eu simplesmente adorei a narrativa super dinâmica, explosiva e fascinante deste pai,
(o autor, é o ex cantor da dupla Cleyton e Cledir).
O livro é a narrativa ensandecida de uma família muito agitada, exatamente como sao as nossas famílias. As festas com karaokês aos berros, com forrós, muita fofoca das meninas e risadas em altos decibéis de seus filhos e amigos.

O que achou mais interessante?

A maneira como ele escreve o dia a dia e a gente se identifica. Os problemas com os filhos, com a mulher que é outra alucinada com tantas coisas a fazer. Exatamente como eu e você.
E quem não se deparou com o boletim cheio de notas vermelhas dos filhos? E as horas intermináveis na Internet? Como lidar com isso? Ele lida de uma maneira hilária toda essa situacao. Eu A-DO-REI!
Como lidar com a rebeldia e falta de satisfação que nossos monstrinhos fazem questão de demonstrar?

"Se no início de suas vidas os filhos dependem dos pais para tudo, quando chega a adolescência a impressão é que o pai se torna um ser invisível. Mas, na verdade, não é bem assim: volta e meia ele será lembrado nas situações em que gostaria justamente de ser esquecido - para aquela carona de madrugada, para bancar o cinema e o tênis importado, para levar os filhos e toda a galera naquele passeio que é a maior roubada. "

Pontos fracos?
O livro foi pequeno demais. Queria mais.

Para quem indica?
Pra todo mundo que gosta de rir de si mesmo, pois ao ler as narrativas nos identificamos com elas.

De um a dez, qual nota você dá?
Sem sombra de dúvida: 10.

8 comentários:

Tucha disse...

Ser pai e mãe de adolescentes não é tarefa fácil mesmo. Ser ao mesmo tempo invisível, mas sem perder de vista, estar atento, sem aborrecer, demonstar afeto, ser ser chato. Embora já tenha passado da fase, vou buscar ler o livro.

Sandra disse...

Ge!
Não conheço o livro. Mas acredito ser muito bom mesmo. Hoje, temos a grande preocupação de estar ajudando os nossos filhos.
Quem não passa relamente por problemas de relacionamento, estudos, disciplinas? Todos, pasamos.
E precisamo estar sempre em busca de novas oportunidades e esclarecimentos.
Vejo, percebo que é um bom livro...
Ainda mais em se tratando de adolescentes, temos sim..que estar sempre bem atentos.
Vou anotar o livro para comprar.
Li muitos do Içame Tiba. Também nos tráz, grandes exemplos e dicas de como lidar com os nosso filhos.
Não é nada fácil...
Um grande abraço, amiga.
Agente se vê..
Com carinho, deixo um grande abraço,
Sandra

silvo disse...

Sandra un bklog sobre libros, alimento del espíritu, me gusta um beijo

Leci Irene disse...

Bom dia, gurias! eh! eh! Esse eu conheço: o livro e o autor, pois ele é gaúcho e da minha cidade. Amo estes guris: todos os irmãos Ramil. Se não me engano uma escola de samba de Porto Alegre irá homenageá-los.
Beijos
òtima semana!

Sonhos & melodias disse...

Oi Gerogia,
Que livro legal! Adoro esse cantor e nem sabia que também tinha escrevido um livro. Vou já adicionar na minha lista. Valeu!
Bjs

Fábio Mayer disse...

Ja li.

É engraçado mesmo, como diversão é uma obra que recomendo.

Georgia disse...

Fabio, muito legal você por aqui e principalmente saber que você já leu este livro.

O livro é sensacional. Eu recomendo mesmo.

Cristina Stolze disse...

Adorei esse blog muito interessante esse grande círculo de divulgação de livros ...
Estou lendo " A Alma da África",
que é uma trilogia contando a saga de uma família de ex-escravos que está no Brasil e resolve voltar ao continente de origem: África. É uma leitura maravilhosa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...