segunda-feira, 2 de junho de 2008

ORGULHO E PRECONCEITO


“Orgulho e Preconceito” - Jane Austen
303 páginas - Best Seller
Gênero: Romance

Por que resolver ler o livro?
Porque sempre gostei do estilo de escrita da Jane Austen. Os conflitos que os personagens vivem em relação aos seus sentimentos e a influência da sociedade, as situações que os rodeiam, fazem com que vejamos o quanto isso pode acontecer conosco a qualquer momento de nossas vidas.

O livro é sobre...
É sobre uma moça chamada Elizabeth Bennet que ao conhecer o Sr. Fitzwilliam Darcy, passa a viver conflitos existenciais por justamente não saber quais os sentimentos que envolvem a relação dos dois. É muito bacana como o livro mostra que ao conhecermos as pessoas, geralmente não sabemos o que elas verdadeiramente sentem, além do que podemos nos enganar com as aparências.
O que achou mais interessante?
Achei muito interessante a atualidade deste livro que foi escrito há mais de dois séculos e os temas que o abrangem são os mesmos conflitos existenciais que vivemos hoje em relação às pessoas e tudo o que nos cerca.
O personagem Mark Darcy do livro Bridget Jones foi baseado no personagem deste livro, Fitzwilliam Darcy.
Para quem indica?
Para todas as pessoas, pois o livro é realmente fantástico. Aliás, este livro teve seu nome modificado, pois se chamava Primeiras Impressões. A modificação foi feita pela própria autora. Alguns leitores podem até achar a narrativa um pouco cansativa, pois toda a história gira em torno de que as aparências, quase sempre, enganam.

Mesmo assim, é um maravilhoso livro onde podemos realizar muitos questionamentos em relação a nós mesmos e sobre o que pensamos.

De uma dez, qual sua nota?
Nota dez. Jane Austen foi uma mulher audaciosa ao escrever um livro onde critica a sociedade em que vivia.

Alê -www.meninavoadora.blogspot.com
Você deseja participar com a leitura de um livro???
Envie seu email que entraremos em contato:
elasestaolendo@yahoo.com.br

7 comentários:

Georgia disse...

Oi Alê, o livro parece ser mesmo muito interessante. Eu gosto muito desse tipo de leitura que nos leva a um questionamento.
Eu nao conheco este livro, mas deu para sentir que deve ser o tipo de leitura onde nos leva a perguntar mjuitas coisas. Principalmente esse negócio de apostar nas outras pessoas logo de cara.

Legal.

Obrigada pela participacao.

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Humm. acho que este não seria meu livro não... mas achei muito legal saber sobre a inspiração para o amor de Brigte Jones.

Mas valeu a dica e tenho certeza que muita gente ama este tipo de leitura.

Bjos

Sonia H. disse...

Oi, Ale,
Eu nunca li Orgulho e Preconceito mas parece-me interessante, pois gosto de livros que tratem de 'conflitos existenciais'. Também agrada-me ler um livro que se passa em uma época diferente e ao mesmo tempo se torna tão atual. É o mesmo o que eu acho dos livros do Machado de Assis. Exceto algumas palavras, muitas vezes parece que estou lendo um conto dos dias atuais.
Beijos,

Alê disse...

Meninas

Muito obrigada pelos comentários.

Beijos

Alê

Lulu on the Sky® disse...

Ai amooooooooooooooo esse livro...
Melhor ainda a versão do filme de 2005 que é fiel a obra.
Big Beijos

Anônimo disse...

Acho que Orgulho e Preconceito não leva propriamente a questionamentos nem trata de conflitos existenciais. Trata-se de um romance do século XIX, e a autora, Jane Austen, descreve com fina ironia a sociedade so seu tempo.

Andressa disse...

Eu li esse livro em inglês, há uns três anos.

Gostei, até comprei em portugu^^es para a minha mãe.

Mas, se visto com a ótica do mundo atual, da mulher contemporânea,torna-se um tanto fraco e sem enredo concistente.

É uma boa leitura, apesar disso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...